Buscar
  • Dream Big

Como é ser um estudante atleta nos Estados Unidos?

Atualizado: 29 de Out de 2019

Muitos jovens sonham com a oportunidade de serem estudantes atletas nos Estados Unidos, pois, é uma oportunidade única de praticar seu esporte do coração, enquanto faz uma graduação, e tudo isso no exterior, em um dos países mais atrativos do mundo!


Sim, ser um estudante atleta nos EUA é um sonho, é completamente possível e não é fácil, porém, não precisa ser tão complicado como todos pensam. Vamos falar um pouco sobre o processo para se tornar um estudante atleta.



Primeiro, vamos desmistificar algumas coisas que são ditas sobre essa modalidade de intercâmbio. A primeira delas é que você precisa ser um aluno excepcional para ser aceito em uma universidade americana, é claro que ter notas altas e atividades extracurriculares pode facilitar seu processo e até mesmo gerar bolsas de estudo melhores, porém, não é um ponto crucial para sua aceitação em uma universidade americana. Outro ponto que costumam citar com frequência é sobre o inglês, e por incrível que pareça, não é necessário ter inglês intermediário, muito menos fluente para viajar. Sei que isso pode parecer confuso, afinal, como um estudante conseguirá acompanhar as aulas da faculdade se não entende uma palavra que o professor está falando? A verdade é que assim como as boas notas, ter um inglês afiado ajuda a ingressar em uma faculdade no exterior, porém, existem tipos de universidade, como é o caso dos Junior Colleges, ou Community Colleges que oferecem no primeiro semestre a oportunidade do intercambista dedicar seu primeiro semestre ao estudo do inglês, ao invés de pegar as matérias da graduação de cara, e ainda assim continuar jogando pelo time universitário.



Agora falando de processo, para ser aceito em uma universidade o caminho será praticamente o mesmo, com exceção a aceitação no time que deseja ingressar, seja ele de futebol, tênis ou outra modalidade. Em geral a aceitação é feita diretamente com os treinadores através de vídeos do atleta e conversas diretas.


Finalizado esta parte, vamos a pergunta inicial:


Como é ser um estudante atleta nos Estados Unidos?


Ser um estudante atleta nos EUA é algo surreal, quase que um sonho, pois, como o esporte universitário é muito valorizado nos EUA, a estrutura oferecida é definitivamente de primeiro mundo. Campos de treinamento, centro médico com equipamentos de ponta, uniformes patrocinados por marcas como Nike e Adidas... viagens com o time, treinos durante toda semana e jogos tanto durante quanto aos finais de semana.


Aqui vai um alerta aos brasileiros, SE DEDIQUE FISICAMENTE! No futebol, por exemplo, temos uma história tão grande e bonita, que acreditamos que nossa habilidade será o suficiente para jogar em qualquer lugar, porém, a verdade é que para muitos técnicos lá fora, a habilidade é o de menos, fatores como consciência tática, físico e disciplina costumam ser muito mais valorizados. Isso fica evidente na pré-temporada, um período logo antes de começar a temporada oficial, no futebol costuma acontecer em meados de agosto, para o tênis meados de janeiro, onde o físico é puxado ao extremo, e é bem comum ver brasileiros ficando para trás durante essa época e devido a isso perdendo espaço durante a temporada. Ainda falando de estrutura, lembro-me de ter torcido meu tornozelo na primeira temporada, e enquanto fazia tratamento na sala de fisioterapia, passando no Instagram vi que os equipamentos usados pelo Barcelona eram os mesmos utilizados pela minha universidade. A academia sempre é muito completa e os gramados são tapetes, as quadras de tênis, em geral em piso duro, são impecáveis também, sem rachaduras, pintura em dia e redes on point.



No que se trata de rotina, os treinos acontecem todos os dias, e durante a pré-temporada é bem comum ver os atletas treinando 2 vezes por dia, mesclando entre físico e tático/técnico. Durante a temporada, são mesclados jogos “dentro e fora de casa”. As viagens costumam acontecer no ônibus da universidade que já deixa preparado alimentação e acomodação (em geral hotel) para seus atletas.


Os campeonatos sempre são divididos em 2 etapas. Primeiro a etapa regional, os vencedores dessa etapa se classificam para o nacional onde joga contra universidades não só da sua região, mas de toda a América, dentro da sua liga, contando que cada College ou University está representado por uma liga. Dentre as ligas mais famosas estão a NCAA, NJCAA e NAIA.


A rotina de um estudante atleta pode ser bem exaustiva e exige muita responsabilidade, afinal, não é só um atleta, é também um estudante e precisa se dedicar para manter boas notas, caso contrário, fica impedido de participar das atividades esportivas pela faculdade. É exatamente por todas essas razões que ser um estudante atleta é definitivamente uma das experiências mais agregadoras para um intercambista.


Se você chegou até aqui, deve ter um desejo muito grande de realizar uma experiência como essa! Escrevemos um E-book ensinando o passo a passo para jogar e estudar nos Estados Unidos com bolsas de até 100%, desde a pesquisa de universidades a negociação com os treinadores e visto. CLIQUE AQUI e baixe seu E-book gratuitamente👊⚽



Escrito por:

Marcelo Gualberto

Estudante atleta de Soccer na Flórida, USA, em 2015.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo